O ÚLTIMO MERGULHO

(Luiz Correia – Piauí)

17757766_997004373763715_1840963057_n
Ilustração: Jonas Carvalho

Era um dia comum na praia. Uma família, entre tantas outras famílias que ali se encontravam, enfim se preparava para ir embora. A mãe pede à filha, uma jovem moça, que se arrume para ir para casa. A filha que ainda não queria ir embora fala: – Mãe, a praia tá ótima! Vou dar um último mergulho! A mãe impaciente, sem querer esperar, pede que a filha não vá, ao que a filha responde: – mãe, eu prometo, é o último mergulho!

Em seguida, a filha parte rumo à praia e ao chegar no mar mergulha entre as ondas do litoral piauiense. Passado algum tempo, a moça não retorna à tona. Os minutos passam e a mãe percebe que há algo de errado. Corre em direção à praia pedindo ajuda. Populares e familiares tentam encontrar a moça em vão. Ela desapareceu nas águas do mar e nunca mais veio a tona.

Correm os dias e, após o desaparecimento da moça, várias pessoas começaram a narrar aparições de uma sereia naquela praia. A princípio, ouviam um belo canto e, de longe, viam a sereia. Alguns, encantados, queriam ir ao encontro dela. Eram impedidos por pessoas que não estavam sob o encanto da sereia. Alguns, que conheciam a moça que desapareceu nas águas, após avistarem a sereia ao longe, passaram a propagar que a sereia tinha a cara da moça desaparecida.

Com o correr da notícia, a história foi ganhando novos contornos e as pessoas passaram a dizer que quem conseguisse resistir aos encantos da sereia e conseguisse arrancar seu rabo se tornaria muito rico. Para cortar o rabo precisariam usar uma faca de prata. Alguns, mais corajosos, buscavam pela sereia na esperança de conseguir a fortuna. A maioria, contudo, temendo ser arrastados para o fundo do mar, evitava até falar no assunto.

Alguns anos depois, dois amigos foram à praia. Nesse dia, a praia estava deserta. O litoral piauiense, fora de temporada, não é de grande movimento. Estavam apenas os dois na praia, sentados na areia, olhando para o mar e conversando, depois de terem surfado. A certa altura um deles levanta e convida o colega para dar uma caminhada na praia, mas este se recusa ao argumento de que estaria cansado e preferia ficar ali. O outro decide caminhar.

Após alguns minutos caminhando, escuta uma canção ao longe. Olha para o mar e vê uma moça muito bonita. Decide se aproximar. Ela lhe estende a mão e ele ao tocar na mão dela é surpreendido com a moça tentando lhe puxar para o fundo do mar afim de lhe afogar. Outra surpresa era a força descomunal da moça. Desesperado, põe-se a gritar.

O amigo, que estava longe, consegue ouvir os gritos cortando o silêncio da praia deserta. Corre em socorro do amigo e consegue livrá-lo ao surpreender a moça com uma mordida nas costas na região do ombro, de modo que a moça solta seu amigo e mergulha nas águas do litoral piauiense. Os dois, sem entender nada, resolvem sair dali.

Ao chegarem mais a frente,em um barzinho, já fora da praia, encostam para tomar uma cerveja e contar o ocorrido. É quando o dono do bar lhes informa da lenda da moça que teria desaparecido nas águas e se tornado uma sereia por ter desobedecido à mãe e pergunta porque não arrancaram seu rabo, pois se o tivessem feito, teriam se tornado milionários.

Eu, sinceramente, não sei se isso tudo é invencionice ou não. Mas fato é que as pessoas que moram nas cidades do litoral piauiense, sempre evitam falar que vão dar um último mergulho, principalmente se alguém lhes tiver pedido que não vá.
____________________________________________________
*FONTE: História inspirada em lenda urbana que me foi contada por Luiza Leão na última vez em que estive em Luiz Correia-Piauí.

*TEXTO: José Gil Barbosa Terceiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

VEJA.com

Notícias sobre política, economia, celebridades, mundo e esportes. Coberturas e reportagens especiais em TVEJA.

Me desculpem, não foi de propósito!

Devaneios irreais sobre uma vida real.

O FOLCLORE BRASILEIRO

O Folclore é uma das nossas mais importantes culturas. Vamos manter a tradição, cultivá-la, divulgá-la, usufruí-la etc.

Se Conto Ninguém Acredita

Histórias de um Subconsciente Pouco Convencional

Colecionador de Sacis

Desde 2015 tirando o folclore da garrafa

Raiz Cultural

Consolidando Cultura Piauiense

Causos Assustadores do Piauí

Mitos, visagens, lendas, ovnis, ets, fenômenos e causos assombrosos do Piauí

WordPress.com em Português (Brasil)

As últimas notícias do WordPress.com e da comunidade WordPress

%d blogueiros gostam disto: