5 CASOS REAIS DE ESPÍRITOS FOTOGRAFADOS NO PIAUÍ

espiritos_300x225

Seria possível fotografar espíritos desencarnados? Segundo a kardecista Yeda Hungria, 72 anos, do Instituto Espírita Bezerra de Menezes, em Niterói, “este tipo de fenômeno não é muito comum, mas pode acontecer. Geralmente, as pessoas que conseguem este tipo de fotografia possuem um dote mediúnico que permite a manifestação do espírito”.

O parapsicólogo André Luiz Paciornik, relata que existem duas possibilidades em relação as fotografias com ‘suposta presença de espíritos’, a de ser realmente a presença de uma entidade espiritual e um fenômeno em que a pessoa olha uma determinada imagem disforme e o cérebro associa a algo parecido com o um rosto ou objeto conhecido. “O mais comum é que as pessoas sejam atingidas por este fenômeno e enxerguem uma imagem real em uma distorção”, diz. “Mas, mais raro, e não impossível, também pode ocorrer sim a presença de uma entidade espiritual”.

Para Paulo Ruy, do Lar Frei Luiz, no Rio de Janeiro, em casos como esses “O espírito pode estar querendo mostrar que existe vida após a morte ou que está bem, por exemplo”, explica.

A internet está cheia de imagens que dizem ser fotografias de espíritos. É claro que boa parte delas não passam de montagens. Já outras não é tão fácil assim de se dizer isso. Chegam a ser espantosas. Conheça alguns casos de espíritos fotografados no Piauí que afirmam ser reais.

1 – O JUIZ QUE FOTOGRAFOU UM ESPÍRITO (TERESINA)

fenomeno1

Essa fotografia foi clicada por meu tio José Olindo Gil Barbosa, juiz de direito no Estado do Piauí, que, de repente, se viu conhecido em todo a comunidade espírita brasileira como “O JUIZ QUE FOTOGRAFOU UM ESPÍRITO, o que, inclusive, já foi contado em outro post deste blog. Um dia, José Olindo sentiu uma dor nas costas, o que durou alguns dias, até que um dia foi dormir e, ao amanhecer, não conseguiu mais mover as pernas. Houve uma inflamação na medula óssea que fez com que perdesse os movimentos dos membros inferiores. Iniciou tratamento médico e um dia, no ano de 2008, enquanto aguardava uma consulta em uma clínica, começou a tirar fotografias de si mesmo. Quase que imediatamente percebeu algo estranho em uma das fotos e, ao chegar em casa, conectou seu celular ao computador e, ao ver a imagem ampliada, percebeu que se tratava de uma mulher que aparecia na imagem por trás dele, olhando para cima.

José Olindo se pergunta como poderia ser. Afinal, naquele dia, no local, só haviam ele e sua esposa. Na semana seguinte, retornou ao local levando uma foto impressa, que, ainda na entrada, mostra a uma atendente e pergunta se reconheceria aquela mulher que apareceu na foto que havia tirado ali, ao que ela disse que não. Já na saída, quando o magistrado já se encontrava dentro do carro, a mesma atendente chega ao veículo e diz que a figura seria da mãe de uma médica que atende no local, que teria falecido três anos antes.

A médica a que se referira a atendente seria a cardiologista Luiza Magna de Sá Cardoso, filha de Magnólia de Sá Cardoso que havia falecido vítima de câncer em 2004. O juiz lembra que a cardiologista na época se emocionou com a aparição. “Fiquei à disposição para esclarecimentos, mas ela nunca entrou em contato”. “Parecia com ela quando jovem”, teria dito a médica a um veículo da imprensa.

Magnólia, a mãe da médica, era muito conhecida pela comunidade espírita piauiense, sendo uma das fundadoras do Centro Espírita Paulo de Tarso, no centro de Teresina. Cristina Borges, dirigente do Centro Espírita, explica que muitos identificaram a mulher como Magnólia e que ela, depois de morta, se manifesta no próprio centro. Conforme Cristina, “Dona Magnólia era a médium que recebia o mentor espiritual da casa, irmão João Cândido. Ela continua trabalhando na equipe espiritual dele. Só que já do outro lado”.

A história se espalhou e foi divulgada por diversos jornais do Piauí e até de âmbito nacional. A foto chegou a ser periciada por Vital Araújo, um dos maiores peritos do Piauí, e este concluiu que a foto não se tratava de uma montagem, chegando a cogitar a possibilidade de fenômeno sobrenatural em seu laudo pericial para explicar a presença na foto de uma mulher que já havia morrido.

Por muito tempo, a médica, filha de Magnólia acreditou que ali pudesse ser sua mãe. Todavia, acredita hoje que não era ela ali. Afirmou que a foto não se parece com a mãe “Nem mesmo quando jovem. Havia visto esta foto há muito tempo e não tinha qualidade”. Apesar da dúvida plantada, muitos ainda acreditam que a foto possa ser de Dona Magnólia. Ressalte-se que apesar da foto ter sido muito divulgada, nunca apareceu ninguém dizendo ser essa pessoa da foto e nem dizendo ser alguém conhecido. O Juiz, por sua vez, garante que no local, no momento da foto, não havia ninguém que não fosse ele ou sua esposa, que, na ocasião, se encontrava em frente a ele.

2 – O ROSTO ATRÁS DO BEBÊ (PIRIPIRI)

bebe_piripiri_02

Em 2013, uma fotografia divulgada inicialmente pelo site PIRIPIRI REPÓRTER viralizou na internet. As notícias diziam que a fotografia registrada no Conjunto IAPEP, Bairro Germano, Piripiri, Piauí, foi clicada por uma mulher de nome Francisca que jura que naquele momento não havia ninguém no foco da câmara além do bebê. A criança está na barriga da mulher que se encontrava deitada no chão. Parte dos joelhos aparecem do lado da criança. O detalhe que causou estranheza e chamou atenção, está do lado esquerdo da criança, atrás. Uma imagem, semelhante a um rosto, aparece. As pessoas da cidade acreditam que o rosto fotografado seja o de um fantasma, ou seja, alguém que não está mais viva.

3 – O REI DO CASTELO DE PEDRA (PEDRA DO CASTELO, CASTELO DO PIAUÍ)

 

Em novembro de 2013, uma outra fotografia deixou o Piauí intrigado: Durante uma visita turística à Pedra do Castelo, monumento natural piauiense,  o estudante Pedro Henrique da Silva, clicou uma fotografia da parte central do interior da gruta, em que se pode observar ao alto, o que parece ser um rosto humano, que de cima vigia a todos que por ali passam. A Pedra do Castelo, que desde o ano de 2007 é um Parque Municipal, é um lugar místico e palco de muitas lendas e já foi utilizada como abrigo indígena e, posteriormente, cemitério para muitas famílias de toda a região. A foto, que foi divulgada primeiro pelo Portal CDP, foi exibida também em reportagem do Portal 180 graus.

4 – O MENINO FANTASMA DO RIO BANANEIRA (ZONA RURAL DA CIDADE DE SÃO JOÃO DA CANABRAVA)

189fd0a4-b0b9-4f2e-8f86-eb60ffed5762 (1)

Em 27 de Julho de 2016, o portal Meio Norte divulgou notícia com a manchete “Imagem de menino ‘fantasma’ assusta moradores da região de Picos”. A notícia informa que a agricultora Maria Leal resolveu tirar uma foto do Rio Bananeira, que fica na comunidade Tabuleiro, zona rural da cidade de São João da Canabrava.. O susto foi quando percebeu que na foto do lugar, onde não havia ninguém em foco, aparece a figura de um menino correndo nas margens do rio. Segundo um morador da região “O mais incrível é que no momento da foto ninguém percebeu, só depois em casa”. A foto foi enviada para o portal pelo leitor Osildo Sousa, que garante não se tratar de uma montagem.

5 – O MENINO NO ESCURO (PIO IX)

Essa acredito que é exclusiva do blog. Foi-me enviada por um leitor (Emanoel Jardel), que possui parentes na cidade de Pio IX. A foto é o assunto do momento na cidade e tem circulado através do whatsapp. Ao que dizem, foi clicada recentemente. O que se diz é que um menino, morador da zona rural, foi tirar uma selfie e, posteriormente, percebeu algo estranho no fundo da foto. Eias a foto indicando o local onde haveria um espírito:

19511930_1876004542652214_358357471_n

Ao perceber algo atrás de si, o rapaz resolveu clarear a imagem em um editor de fotos para verificar o que poderia ser aquilo. Surpreendeu-se ao perceber que o que estava no fundo da foto, era a figura de um garoto desconhecido e que, dizem, não estaria naquele lugar no momento em que a fotografia foi clicada. Veja a imagem editada:

19553404_1876004589318876_1960825055_n

Se a fotografia é verdadeira, eu sinceramente não sei, mas na cidade o que dizem é que sim. Emanoel Jardel, o leitor que me enviou a foto, disse ter estado há cerca de duas semanas atrás na cidade de Pio IX, ocasião em que teria conhecido a mãe do rapaz de boné, que teria lhe afirmado que o rapaz tem parecido bem atormentado nos últimos dias. Depois do ocorrido, segundo dizem, o rapaz teria ficado depressivo e estaria evitando sair de casa.

PARA SABER MAIS:

 

2 comentários em “5 CASOS REAIS DE ESPÍRITOS FOTOGRAFADOS NO PIAUÍ

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

VEJA.com

Notícias sobre política, economia, celebridades, mundo e esportes. Coberturas e reportagens especiais em TVEJA.

Me desculpem, não foi de propósito!

Devaneios irreais sobre uma vida real.

O FOLCLORE BRASILEIRO

O Folclore é uma das nossas mais importantes culturas. Vamos manter a tradição, cultivá-la, divulgá-la, usufruí-la etc.

Se Conto Ninguém Acredita

Histórias de um Subconsciente Pouco Convencional

Colecionador de Sacis

Desde 2015 tirando o folclore da garrafa

Raiz Cultural

Consolidando Cultura Piauiense

Causos Assustadores do Piauí

Mitos, visagens, lendas, ovnis, ets, fenômenos e causos assombrosos do Piauí

%d blogueiros gostam disto: