A LENDA DE SANTA CRUZ DOS MILAGRES

(Santa Cruz dos Milagres – Piauí)

muito-especial-a-igreja

Há muito tempo atrás nas terras onde hoje está o município de Santa Cruz dos Milagres, havia uma fazenda de nome Jatobá, então pertencente ao município de Valença. Estava ali campeando um vaqueiro, quando, de repente, lhe aparece um daqueles velhos “beatos” que viajavam antigamente pelo nordeste falando de profecias, penitências e outros assuntos religiosos. O sertanejo nunca havia visto aquele homem por aquelas bandas.

O profeta convidou o vaqueiro ao alto do morro e lá chegando, pediu-lhe que abrisse um buraco na pedra bruta que cobre quase todo o monte. Enquanto isso, o velho foi à mata e, depois de algum tempo, de lá voltou trazendo uma cruz. O vaqueiro, apesar dos esforços empreendidos, ainda não havia escavado nada da rocha. O velho abaixou-se e traçou com o dedo um círculo na pedra. Depois, usando toda a mão, arrancou o trecho do solo que havia circundado com o dedo, deixando um buraco profundo e circular (que ainda hoje pode ser visto ao lado da igreja que em tempos atuais fica no alto do morro). Ali fincou a cruz e disse ao vaqueiro que, por aquele sinal, um dia haveriam de acontecer ali inúmeros milagres.

santacruz

Em seguida, o beato desceu o morro com o sertanejo e, já chegando no Rio São Nicolau mostrou-lhe um olho d’água (uma nascente de água) que o vaqueiro nunca tinha visto por ali, apesar de passar por aquela região quase todos os dias desde que era criança. O velho falou-lhe, então, que por meio daquelas águas, muitos milagres iriam ocorrer também. Enquanto o vaqueiro, distraído, olhava o olho d’água o profeta foi-se sem que se saiba para onde. Alguns dizem que seguiu  o seu caminho, outros afirmam que ele simplesmente desapareceu.

O tempo passou e os dias viraram meses. O vaqueiro havia retomado sua rotina e já esquecera totalmente do ocorrido. Foi quando uma de suas filhas adoeceu. Mesmo com tudo que era remédio natural que ele conhecia e toda reza de rezador da região, nada surtia efeito. O vaqueiro já temia perder a criança, quando se lembrou do velho beato e de suas profecias de eventos miraculosos. Sem nada a perder, levou a menina ao alto do morro, onde o profeta havia fincado a cruz, e lá, de joelhos, fez umas orações, ao final das quais, levou a filha ao olho d’água, banhando a menina nas águas e dando-lhe de beber das mesmas. Em poucos instantes, a menina estava sã. Parecia que nunca havia estado doente.

olho_d_agua

A notícia se espalhou e ali se criou um movimento de fé que foi crescendo com o passar dos anos. A primeira capelinha já existia em 1881. Em volta disso, tempos depois, ergueu-se uma pequena cidade, conhecida como Santa Cruz dos Milagres, que abriga hoje a igreja no alto do morro, ao lado de onde o vaqueiro fincou a cruz milagrosa, e, também, uma outra igreja, nova, ao pé do morro, que é o maior templo católico do Piauí, inaugurada em 2016 para abrigar maior quantidade de fiéis. A cidade não tem quase nada: não tem Poder Judiciário, nem banco… Toda a economia do lugar gira em torno do movimento de fé dos romeiros que é o terceiro maior do nordeste, perdendo apenas para Canindé e Juazeiro do Norte.

santa-cruuz

Sérgio Romualdo Lima Brandim, em sua monografia “Romeiro e Fé: Um estudo sobre o santuário de Santa Cruz dos Milagres”, informa que os três maiores eventos de fé durante o ano são: “a) A Invenção da Cruz – festa que ocorre no dia 3 de maio e que tem como base a invenção da Santa Cruz e a sua primeira apresentação ao povo, pela Imperatriz Helena, mãe de Constantino e de São Macário. No Santuário ocorre logo após as festas de aniversário da cidade, que é comemorado no dia 29 de abril, o que tem possibilitado um aumento de participantes perceptível nos últimos anos, visto que anteriormente as águas dos riachos atrapalhavam a chegada dos romeiros; b) Exaltação da Santa Cruz – Evento festivo que tem a duração de nove dias, durante esse período é comemorada a exaltação da Santa Cruz. É o momento de lembrar-se deste símbolo sagrado enquanto representação do sofrimento de Cristo em prol da nossa salvação. É quando se observa uma maior concentração de romeiros no Santuário. Essa concentração ocorre entre os dias 05 a 15 de setembro, durante o período de seca na região, facilitando a passagem pelos riachos e caminhos, que no inverno estão alagados; c) O Encontro de Imagens – Evento que congrega várias paróquias do Piauí em torno do Santuário, além de outros Estados visitantes. Este evento nasceu em virtude de uma simples proposta de reunião eucarística entre as paróquias próximas ao Santuário. Surgiu com a idéia de ser comemorado no dia de “todos os santos” , mas como esta dada é móvel no calendário cristão atrapalhava a participação de alguns grupos, por isso foi definido que ocorreria no último dia do mês de outubro e assim antecederia a festa de todos os santos, permitindo a participação cada vez maior de romeiros no evento.

IMG-20150819-WA0009

As pessoas que visitam Santa Cruz dos Milagres, até hoje podem exercer a devoção à cruz de madeira fincada pelo beato e utilizar as águas milagrosas do olho d’água. É comum que quem vai até ali, aos pés da Santa Cruz, façam preces e promessas com o fim de alcançar uma graça. E parece que a cruz é mesmo milagrosa, já que a maior parte volta para agradecer, fazer orações, participar das festas religiosas, pagar penitências e depositar ex-votos, de modo que, a cada ano, a movimentação de fiéis é maior. São tantos os ex-votos ali deixados que foi construída uma casa só para abriga-los: a casa dos milagres, há muito superlotada.

img_1388

FONTE:

http://www.leg.ufpi.br/subsiteFiles/mesthist/arquivos/files/Dissertacoes/Dissertacao_Sergio%20Romualdo%20Brandim.PDF

http://culturastacruz.blogspot.com.br/2012/09/santa-cruz-dos-milagres-unico-santuario.html

http://santuariodesantacruzdosmilagres.com/artigo/historia.html

http://g1.globo.com/pi/piaui/noticia/2016/01/inaugurado-o-maior-tempo-catolico-do-piaui-em-santa-cruz-dos-milagres.html

http://g1.globo.com/pi/piaui/noticia/2015/05/invencao-de-santa-cruz-dos-milagres-atrai-cerca-de-20-mil-romeiros-ao-piaui.html

http://sao-paulo.estadao.com.br/blogs/blog-da-garoa/58991/

https://cidades.ibge.gov.br/painel/historico.php?codmun=220915

http://www.uece.br/mag/dmdocuments/stanley_oliveira.pdf

http://g1.globo.com/pi/piaui/noticia/2014/05/sala-dos-ex-votos-do-3-maior-santuario-do-ne-esta-superlotada.html

TEXTO: JOSÉ GIL BARBOSA TERCEIRO

Um comentário em “A LENDA DE SANTA CRUZ DOS MILAGRES

Adicione o seu

  1. Conheço esse santuário, local de muita peregrinação. O povo nordestina demonstra sua crença católica e muita devoção a Santa Cruz dos Milagres. No mês de setembro são 9 dias de muita festa religiosa, milhares de pessoas de diversos estados se deslocam para santa cruz para pagarem promessas.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

VEJA.com

Notícias sobre política, economia, celebridades, mundo e esportes. Coberturas e reportagens especiais em TVEJA.

Me desculpem, não foi de propósito!

Devaneios irreais sobre uma vida real.

O FOLCLORE BRASILEIRO

O Folclore é uma das nossas mais importantes culturas. Vamos manter a tradição, cultivá-la, divulgá-la, usufruí-la etc.

Se Conto Ninguém Acredita

Histórias de um Subconsciente Pouco Convencional

Colecionador de Sacis

Desde 2015 tirando o folclore da garrafa

Raiz Cultural

Consolidando Cultura Piauiense

Causos Assustadores do Piauí

Mitos, visagens, lendas, ovnis, ets, fenômenos e causos assombrosos do Piauí

%d blogueiros gostam disto: