O ASSOVIADOR

(Litoral piauiense)
24257738_362742154150160_2121564445_n
Lá pras bandas do litoral do Piauí, pescadores e outros que se atrevem a se aventurar nos trechos de praia menos movimentados tarde da noite, já deram de cara com uma assombração daquelas de causar medo: O assoviador.
Ao que se conta essa assombração tem o costume de aparecer a pessoas que têm mania de passar o dia inteiro assobiando ou mesmo àquelas que gostam de assobiar durante a noite e depois vão passear por ali. Não se recomenda de modo algum a quem estiver na beira da praia assoviar. Você pode estar invocando o assoviador.
No entanto, por você não assoviar, não se quer dizer que, com isso, você está livre de encontrar com essa assombração se for dar uma volta por ali.
Existem inúmeros relatos de pessoas que mesmo não tendo assoviado encontraram com o assoviador. Nesses casos, a pessoa vai passando e a entidade assovia. A pessoa acha estranho e segue adiante, mas logo ele torna a assoviar. É quando algumas pessoas, desavisadas, fazem a besteira de assoviar de volta. Desse ato podem surgir consequências terríveis, de modo que o que se recomenda é que, por mais que ele assovie, a pessoa não deve assoviar de volta.
Os sons que o assoviador emite ao encontrar um assovio em resposta aos seus são assustadores: podem ser agudíssimos e tão altos que podem levar a pessoa à inconsciência. Os mais resistentes que depois disso, ainda que a pessoa não desfaleça o tormento é indescritível pois o assoviador seguirá a pessoa por onde ela for, até mesmo em casa, e só parará de assoviar ao amanhecer.
Nesse meio tempo, algumas pessoas ficam malucas, mas há relatos de casos mais graves em que se diz que se a pessoa carregar alguma maldade junto com o assovio virá um vento em sua face e ela poderá ficar paralítica pelo resto da vida, sem poder reagir aos assovios que, nesse caso, durarão para sempre. Em todo caso, o assoviador pode causar náuseas, tontura, desmaios e paralisia, ainda que temporária. Com isso, ele deixa suas vítimas indefesas ao seu ataque.
As pessoas também dizem que se o assovio parecer muito alto é porque a assombração está, na verdade, assoviando de longe, mas se ele for baixinho (como se estivesse longe) é porque ele está bem pertinho de você. Como sabem disso? É simples! Apesar do som ser baixinho as pessoas sentem o assovio ao pé do ouvido de forma que podem até sentir o ventinho produzido pelo sopro do assoviador ao pé do ouvido. É nítida a sensação de que há uma presença por ali, coladinha em você, ao seu lado.
Normalmente as pessoas não conseguem enxergar o autor dos assovios, mas há raríssimos relatos de pessoas, dotadas de fortíssimos dons mediúnicos, que dizem que conseguiram vê-lo e o descrevem como um homem vestido de branco, todo elegante, com terno branco, gravata branca, calça branca, sapato branco, camisa branca e um chapéu branco na cabeça, que anda vagando pela praia. O chapéu projeta uma sombra em seu rosto, de modo que não se consegue ver com nitidez a sua face. Há quem diga que ele carrega consigo um saco cheio de ossos, restos de seu próprio pai que um dia, quando ainda era vivo, matou. Aliás, se acredita que é por isso que ele virou assombração, condenado a ser alma em tormento assombrando os vivos e carregando os restos de seu pai como lembrança de seu crime hediondo por toda a eternidade.
O certo é que a entidade assusta o povo da região desde tempos primevos: quando os índios do Piauí, antes de serem praticamente exterminados pelos bandeirantes, ainda habitavam, eras atrás, aquela região já relatavam a aparição da entidade que, até onde se sabe, continua vagando à noite, caminhando pela areia branca das praias do Piauí, à procura de sua próxima vítima…
 
FONTE:
 
QUEIROZ, Áurea. Lendas do Piauí. Teresina: Halley, 2013.
 
 
 
 
 
 
 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

VEJA.com

Notícias sobre política, economia, celebridades, mundo e esportes. Coberturas e reportagens especiais em TVEJA.

Me desculpem, não foi de propósito!

Devaneios irreais sobre uma vida real.

O FOLCLORE BRASILEIRO

O Folclore é uma das nossas mais importantes culturas. Vamos manter a tradição, cultivá-la, divulgá-la, usufruí-la etc.

Se Conto Ninguém Acredita

Histórias de um Subconsciente Pouco Convencional

Colecionador de Sacis

Desde 2015 tirando o folclore da garrafa

Raiz Cultural

Consolidando Cultura Piauiense

Causos Assustadores do Piauí

Mitos, visagens, lendas, ovnis, ets, fenômenos e causos assombrosos do Piauí

%d blogueiros gostam disto: