A FINADA OTÍLIA

(Caraúbas do Piauí – Piauí)

WhatsApp Image 2018-12-12 at 11.02.50

No ano de 1915, nascia em Caraúbas uma jovem que, por batismo, recebeu o nome de Otília Santos. Com apenas 12 anos de idade, a pobre moça, ainda uma adolescente, veio a adoecer de febre amarela, e, com a saúde debilitada, ainda virgem e inocente, depois de uma intensa batalha pela vida, onde passou por muito sofrimento, não resistiu, vindo a óbito em 1927.

Sob intensa comoção popular, a jovem foi sepultada no local onde hoje está erguida uma capela em sua homenagem, em frente a um campo de futebol existente naquela cidade. Passados três dias de seu sepultamento, contudo, um rapaz de nome Francisco, que morava no local onde hoje está erguida a Igreja de Nossa Senhora das Graças disse ter recebido um aviso divino de que aquele não era lugar para ser enterrado ninguém, e que, se o corpo da jovem não fosse desenterrado dali até a meia noite, a alma dela iria se perder para sempre. O aviso havia se dado por volta das 21 a 22 horas, e ninguém parecia ter a coragem necessária à execução do serviço.

234

Francisco Maria de Araújo

 

Foi quando se apresentou como voluntário para a empreitada, um jovem de nome Francisco Maria de Araújo, que começou a cavar a terra para retirar dali o corpo da menina. Logo, seguindo o exemplo do rapaz, se apresentaram outros voluntários, de modo que o serviço foi efetuado a tempo.

As pessoas que ali estavam se surpreenderam com o estado de preservação do corpo de Otília, mesmo depois de três dias de morta e enterrada. A jovem estava perfeita, mais parecia estar dormindo que morta.

Levaram então o corpo da moça para a casa do rapaz que havia recebido a mensagem divina, onde velaram o corpo por toda a noite, e, no dia seguinte, por volta das 9 horas da manhã, sepultaram o seu  corpo no lugar onde hoje fica o cemitério da cidade, que, por sinal, leva hoje o nome de Otília dos Santos, por força de lei municipal.

Dado as circunstâncias do ocorrido, pelo estado de preservação do corpo e por ter merecido a piedade divina, as pessoas daquela região logo passaram a fazer preces e promessas para moça, para quem acendiam velas, oravam e, por vezes, depositavam ex-votos, tendo em vista que as graças solicitadas eram alcançadas.

No lugar onde foi primeiramente sepultada, foi erguido um cruzeiro, que ficou ali por décadas, até que um devoto, de nome João José de Barros, construiu uma capela em sua homenagem no lugar.

WhatsApp Image 2018-12-12 at 11.05.25

No interior da capelinha, pode-se ver um pequeno altar, onde foram postas algumas imagens de santas católicas. O lugar é limpo e preservado pelos fiéis da jovem finada. O túmulo da moça, no cemitério, é, também, constantemente visitado, em especial no dia 02 de novembro, data dedicada aos santos finados.

WhatsApp Image 2018-12-12 at 11.03.02

Ali os fiéis costumam acender velas e depositar flores, sendo estes responsáveis, ainda, pela manutenção do túmulo. Na cidade de Caraúbas, todos conhecem a história do martírio da pobre alma, e, ainda hoje, o povo diz que a jovem é santa, sendo muitos os milagres a ela atribuídos.

REFERÊNCIAS

PORTELA NETO, Adrião. Memórias e Fatos da Cidade de Caraúbas do Piauí. Artigo Científico apresentado à Universidade Estadual do Piauí, campus de Parnaíba, Piauí, como trabalho do curso de pedagogia. Parnaíba, PI: UESPI, 2005.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

VEJA.com

Notícias sobre política, economia, celebridades, mundo e esportes. Coberturas e reportagens especiais em TVEJA.

Me desculpem, não foi de propósito!

Devaneios irreais sobre uma vida real.

O FOLCLORE BRASILEIRO

O Folclore é uma das nossas mais importantes culturas. Vamos manter a tradição, cultivá-la, divulgá-la, usufruí-la etc.

Se Conto Ninguém Acredita

Histórias de um Subconsciente Pouco Convencional

Colecionador de Sacis

Desde 2015 tirando o folclore da garrafa

Raiz Cultural

Consolidando Cultura Piauiense

Causos Assustadores do Piauí

Mitos, visagens, lendas, ovnis, ets, fenômenos e causos assombrosos do Piauí

WordPress.com em Português (Brasil)

As últimas notícias do WordPress.com e da comunidade WordPress

%d blogueiros gostam disto: