OS INFORTÚNIOS DO PADRE

(Altos – Piauí)

padre

Décadas atrás, havia um padre na igreja de São José, que exercia o sacerdócio com paixão. Foi ele inclusive responsável por várias benfeitorias na estrutura física do que, à época, era a única igreja católica na cidade. Ao que dizem, pretendia ampliar o templo e deixá-lo semelhante à Igreja de Santo Antonio, em Campo Maior.
Como é comum a muitos padres, e com ele não era diferente, era constantemente assediado por mulheres que frequentavam a igreja. Ele mesmo também vez por outra investia olhares seduzindo as mocinhas e senhoras que frequentavam suas missas. Apesar da reprovação da igreja, muitas vezes a carne era fraca. E padres, como todos sabem, são apenas homens como outros quaisquer que se dedicam ao ministério da palavra de Deus, de modo que, assim como qualquer homem, são tentados por desejos da carne vez por outra.
Aconteceu que um dia, depois de muitos anos de ministério na cidade, o dito padre, já um senhor de meia idade, viu-se envolvido com duas moças de sua congregação. Ambas disputavam sua atenção e o povo da cidade logo começou a comentar.
O pior é que as duas moças haviam sido criadas como irmãs, tinham a mesma faixa de idade e moravam na mesma casa. Uma delas era filha da família da casa, outra, de família pobre, morava ali desde menina. De certa forma era um escândalo para o povo da então provinciana cidade de Altos. O falatório era geral, e logo os familiares das moças exigiam uma posição do padre, que havia colaborado para que caíssem na boca do povo.
O padre enrolou o quanto pôde. Continuou a celebrar missas e se relacionar com as moças às escondidas. Mas aí começaram a acontecer coisas estranhas: caiu sobre a cidade uma chuva muito forte, que durou vários dias, com muitos relâmpagos e trovões, e inundou a cidade. Os mais supersticiosos já temiam ser algum castigo divino…
Depois que a chuva cessou, e tudo parecia retornar à normalidade, por coincidência ou por castigo, o cruzeiro fixado fora da igreja desabou sobre a cabeça do sacerdote namorador. A mensagem lhe foi clara. Tinha que tomar uma atitude, pois a situação não podia continuar como estava. Mas o que poderia fazer?
Em um domingo, o sino tocou e as pessoas foram à missa, como era de praxe. O padre celebrou toda a cerimônia religiosa e, depois de dar a bênção final, tirou diante de todos a batina e disse:
– Hoje foi minha última missa como padre. Estou largando a batina para me casar.
Os fiéis ficaram todos atônitos, sem saber o que dizer. Ninguém acreditava fosse ele largar a batina. Mas, enfim, diante de todo o ocorrido, talvez fosse a decisão mais acertada.
Anunciou, então, o homem, o relacionamento e o futuro casamento com uma das moças. A escolhida foi a moça da família dona da casa, descendente de tradicionais famílias altoenses. A outra moça, a mais pobre, que convivia com a escolhida desde pequena e amava ao padre há bem mais tempo, viu-se desamparada em seu amor, e tomada pelo desespero, terminou por cometer suicídio por enforcamento.
O ex-padre se compadeceu de toda a situação, mas sem ter mais nada a fazer, cumpriu com sua palavra e casou-se com a moça que havia escolhido, tendo gerado com ela farta descendência. Seus filhos, inclusive, obtiveram sucesso em suas vidas profissionais, e o ex-padre dedicou-se a uma vida em que continuava a pregar a palavra e fazer caridade tanto quanto podia. Talvez para compensar os pecados da vida passada, que, ao que dizem, até mesmo na velhice, lhe pesavam na consciência.

 

TEXTO: JOSÉ GIL BARBOSA TERCEIRO

 

ILUSTRAÇÃO: DOUGLAS VIANA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

VEJA.com

Notícias sobre política, economia, celebridades, mundo e esportes. Coberturas e reportagens especiais em TVEJA.

Me desculpem, não foi de propósito!

Devaneios irreais sobre uma vida real.

O FOLCLORE BRASILEIRO

O Folclore é uma das nossas mais importantes culturas. Vamos manter a tradição, cultivá-la, divulgá-la, usufruí-la etc.

Se Conto Ninguém Acredita

Histórias de um Subconsciente Pouco Convencional

Colecionador de Sacis

Desde 2015 tirando o folclore da garrafa

Raiz Cultural

Consolidando Cultura Piauiense

Causos Assustadores do Piauí

Mitos, visagens, lendas, ovnis, ets, fenômenos e causos assombrosos do Piauí

WordPress.com em Português (Brasil)

As últimas notícias do WordPress.com e da comunidade WordPress

%d blogueiros gostam disto: