OS IRMÃOS DANTAS E A FUNDAÇÃO DE PIRACURUCA

(Piracuruca – Piauí)

heitor1-e1557611472752

Conta a lenda que há muito tempo atrás, entre 1718 e 1743 aproximadamente, os irmãos José e Manoel Dantas Correia, portugueses, aventureiros em busca de ouro e pedras preciosas, adentraram os limites do então lugarejo que viria a ser Piracuruca, ocasião em que foram aprisionados por índios canibais.

Desesperados, apelaram, então, para a fé e fizeram uma promessa à santa de sua devoção: Nossa Senhora do Monte do Carmo. Caso fossem libertados pelos índios, construiriam um templo em sinal de gratidão à graça recebida. Como que por milagre, foram soltos, e, em seguida, trataram de cumprir a promessa.

O lugar escolhido para a construção da igreja era outro. Mas sempre que punham a imagem da santa ali, esta desaparecia à noite, e era reencontrada na manhã seguinte no tronco de uma carnaubeira. Após a repetição desse acontecimento por várias noites, compreenderam, enfim, a mensagem divina e construíram a igreja no local em que se encontrava a árvore em que a imagem insistia em reaparecer.

Ambos trabalharam muito. Implantaram 9 fazendas e dos lucros obtidos com a venda dos rebanhos retiraram recursos para pagar os obreiros empregados na colheita e talhamento das pedras que serviram à edificação da Igreja. Os materiais foram retirados do leito do Rio Piracuruca e ali talhados em blocos que eram transportados em carros de boi até o local da construção.

O falecimento de Manoel Dantas Correia, possivelmente em 1743 marcou a suspensão dos trabalhos de construção da Igreja que já estava quase terminada. Não há referências nem assentamentos a respeito do óbito; por tradição oral repete-se que seu corpo foi sepultado dentro do templo em frente ao local onde, anos mais tarde foi construído o altar-mor.

Quanto a José Dantas Correia, não se tem nada comprovado com relação ao seu paradeiro, entre as várias suposições diz-se que o mesmo deixou Piracuruca e viajou para o Rio Grande do Norte onde fundou a cidade de nome Carnaúba dos Dantas, outra versão, induz em viagens que fez para o litoral de Pernambuco onde dedicou-se à moagem da cana-de-açúcar e há ainda uma outra versão que diz que o mesmo viajou de volta para Portugal.

De qualquer modo, os dois irmãos foram, com toda a certeza, os responsáveis pela construção da Igreja de Nossa Senhora do Monte do Carmo, iniciando e desenvolvendo a povoação que viria a se tornar Piracuruca.

PIRACURUCA

TEXTO: JOSÉ GIL BARBOSA TERCEIRO

FONTE:

BRITO, Kleo. Piracuruca: A Terra dos irmãos Dantas. Turismo, 4 de dezembro de 2008. Disponível em: <http://turismoeco.blogspot.com/2008/12/piracuruca-terra-dos-irmos-dantas.html>. Acesso em: 07 de maio de 2019.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

VEJA.com

Notícias sobre política, economia, celebridades, mundo e esportes. Coberturas e reportagens especiais em TVEJA.

Me desculpem, não foi de propósito!

Devaneios irreais sobre uma vida real.

O FOLCLORE BRASILEIRO

O Folclore é uma das nossas mais importantes culturas. Vamos manter a tradição, cultivá-la, divulgá-la, usufruí-la etc.

Se Conto Ninguém Acredita

Histórias de um Subconsciente Pouco Convencional

Colecionador de Sacis

Desde 2015 tirando o folclore da garrafa

Raiz Cultural

Consolidando Cultura Piauiense

Causos Assustadores do Piauí

Mitos, visagens, lendas, ovnis, ets, fenômenos e causos assombrosos do Piauí

WordPress.com em Português (Brasil)

As últimas notícias do WordPress.com e da comunidade WordPress

%d blogueiros gostam disto: