FINADOS BALAIOS DE CRUZ DAS ALMAS

(Cristino Castro - Piauí) A Balaiada, chamada ainda Guerra dos Bem-te-vis, foi a mais longa e numerosa revolta popular iniciada no Maranhão, que teve início em 13 de dezembro de 1838 e durou até o ano de 1841. Ali, a revolta foi liderada por homens pobres, mestiços e também escravos, devido ao sentimento de opressão que sentiam em relação aos prefeitos,... Continuar Lendo →

O SANTO MENINO VAQUEIRO

(Lenda do Meio Norte do Piauí) No meio das matas de cajueiros, onde o ser piauiense ainda persiste a insiste em existir no seio daquele povo, muitas histórias fantásticas foram suscitadas e inauguradas, fazendo ressoar nos corações e nas almas de tantos meninos, rapazes, moças e velhos. Sabemos que devido às novas tecnologias, fruto da... Continuar Lendo →

FINADO FURTUOSO

(Passagem Franca - Piauí) Há muito tempo atrás, quando o município de Monsenhor Gil ainda se chamava Natal, nasceu naquelas terras José Furtuoso Caetano de Sousa. Conta a tradição oral que o rapaz teria ficado mentalmente perturbado por ocasião da divisão dos bens deixados por herança de seu pai, quando sua família o teria deserdado, deixando-o... Continuar Lendo →

A COVA DO TERTO

(Valença - Piauí) Tertuliano José Lima, o "Terto", era um jovem que tinha por ofício a nobre atividade de sapateiro. Nasceu em Valença no dia 15 de Julho de 1925, e lá viveu por toda a vida. Lá pelos anos 1940, o rapaz contraiu hanseníase (lepra) e durante o resto de seus dias carregou o peso... Continuar Lendo →

O MOTORISTA GREGÓRIO

(Teresina - Piauí) Era um dia especial em Barras. A cidade estava toda enfeitada e o povo em clima de festa. Tudo isso porque era aguardada a visita do  bispo Dom Severino Vieira de Melo, que iria visitar a paróquia naquele dia, 14 de outubro de 1927.  Gregório, dirigindo o Ford T, levava o juiz... Continuar Lendo →

A CRUZ DO MOLEQUE

(Campo Maior - Piauí) Na segunda metade do século XVIII, aconteceu em Campo Maior uma história cercada de tragédias e mistérios sobrenaturais. Na época, Campo Maior era apenas um arraial, denominado de Surubim. Havia na pequena vila um pequeno moleque negro que pertencia ao padre Ananias, sacerdote da igreja da paróquia. O moleque fora abandonado... Continuar Lendo →

OS CIGANOS DE ESPERANTINA

(Esperantina - Piauí) No início do século XX, um bando de ciganos atravessava o Piauí e, por onde passavam, rumando para o Maranhão, praticavam alguns delitos, de modo que causavam terror aos habitantes da região. Cansado das reclamações contra as ações do bando, o então governador Miguel Rosa pôs a polícia em seu encalço. Quando... Continuar Lendo →

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑