A LENDA DA PEDRA DO PERAL

(BURITI DOS LOPES - PIAUÍ) A pedra do Peral é uma formação rochosa localizada em Buriti dos Lopes na beira de uma antiga estrada que ligava a região do baixo Longá. Medindo quase 09 metros de altura e 17 de largura, a pedra encontra-se encravada em um grande e branco areal onde, no inverno, brotam... Continuar Lendo →

SIMÃOZINHO, O NEGRO MILAGROSO

(Localidade Cruzeiro, Coivaras - Piauí e Localidade Bacuri, Alto Longá - Piauí) Simão da Silva (Simãozinho) era um negro que por, muito tempo, em idos dos séculos XIX e XX, habitou as terras da Fazenda Cruzeiro, pertencente a Basílio Sepúlveda de Abreu e sua esposa Maria Sepúlveda de Abreu. Era preto como ele só, tendo... Continuar Lendo →

O SANTO MENINO VAQUEIRO

(Lenda do Meio Norte do Piauí) No meio das matas de cajueiros, onde o ser piauiense ainda persiste a insiste em existir no seio daquele povo, muitas histórias fantásticas foram suscitadas e inauguradas, fazendo ressoar nos corações e nas almas de tantos meninos, rapazes, moças e velhos. Sabemos que devido às novas tecnologias, fruto da... Continuar Lendo →

A LENDA DE SANTA CRUZ DOS MILAGRES

(Santa Cruz dos Milagres - Piauí) Há muito tempo atrás nas terras onde hoje está o município de Santa Cruz dos Milagres, havia uma fazenda de nome Jatobá, então pertencente ao município de Valença. Estava ali campeando um vaqueiro, quando, de repente, lhe aparece um daqueles velhos "beatos" que viajavam antigamente pelo nordeste falando de... Continuar Lendo →

AS LENDAS DA PEDRA DO CASTELO

(Castelo do Piauí - Piauí) Na cidade de Castelo do Piauí há uma formação rochosa que lembra um antigo castelo medieval. A cidade de Castelo dista 10 km da Pedra, que se localiza a 2 km da margem da rodovia PI-115. Há uma pequena placa indicando a entrada para a Pedra, mas é mais seguro... Continuar Lendo →

O VAQUEIRO ENTERRADO VIVO

(ALTOS - PIAUÍ) Francisco da Vera Cruz foi um vaqueiro que viveu nas proximidades da localidade rural Prata, mais de século e meio atrás. Andava sempre em companhia de um cavalo e de seu fiel cachorro. A luta diária era pesada. Acordava cedo para trabalhar e só voltava para casa, todos os dias, no fim da tarde. Um... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑