SERRA NEGRA

(Aroazes – Piauí / Altos – Piauí)

18515969_291577927933250_2143153025_n

Luís Carlos da Serra Negra, era um coronel que fazia parte da junta governativa nos tempos em que o Piauí ainda era parte do Maranhão. Descendente de portugueses, condecorado pela Coroa de Lisboa, era ele muito temido por seus métodos feudais. Dizem que era um homem muito cruel, capaz das maiores atrocidades contra o ser humano.

Era proprietário de uma fazenda onde, segundo dizem, torturava escravos, dava inimigos para onças comerem (de acordo com relatos orais, o fazendeiro criava ali animais selvagens para intimidar eventuais levantes de escravos rebeldes e punir condenados) e mantinha até um poço no qual desovava desafetos. O nome  da fazenda, “Serra Negra”, aliás, teria vindo do fato de que ele haveria serrado uma negra viva ao meio, como castigo por ter auxiliado a esposa dele a simular uma tuberculose com o objetivo de voltar para a casa dos pais, já que ela não aguentava mais viver com homem tão desumano.

Segundo o povo conta, Luis Carlos era ainda adepto da prática de bruxaria, estando envolvido em rituais diabólicos de magia negra,  de modo que teria feito ele um pacto com o demônio, dizendo o povo que suas vítimas eram, para ele, oferendas ao próprio Satã.

Mas a maldade sempre acaba se virando contra a pessoa má. Cedo ou tarde, aparece alguém para cobrar um mal que lhe fora feito. Um dia Luís Carlos foi assassinado em uma emboscada. O que contam é que o enterro iria se dar na cidade de Valença. Durante o transporte do corpo  até o cemitério, dizem que uns serezinhos diabólicos teria raptado o defunto que era carregado por escravos em uma rede. Há quem diga que o próprio diabo teria levado o seu corpo para o inferno. A verdade, contudo, é que até hoje ninguém sabe dar notícia do corpo do cruel fazendeiro.

Durante muito tempo, ou melhor, até os dias de hoje, a figura de Luís Carlos foi alvo de ódio e temor, de modo que conta-se que em Valença, até hoje as mães evitam pôr o nome de Luís Carlos em seus filhos, pois seria uma maldição carregar o nome de criatura tão diabólica.

A Fazenda Serra Negra, antiga propriedade de Luís Carlos localizada em Aroazes, Centro-Sul do Piauí, ainda apresenta de pé os paredões da casa grande, com 80 centímetros de largura, e mede, ao todo, 438 metros quadrados. Conta ainda no seu entorno, com a existência de ruínas dos currais de pedra.

Alguns dizem que, por vezes, já foi possível escutar gritos de pessoas torturadas na escuridão da noite na fazenda. Para uns, seriam espíritos de escravos que habitaram o local em vida. Para outros, contudo, seria o próprio Luís Carlos, condenado a queimar em carne, osso e espírito eternamente no fogo do inferno, para onde teria sido levado com corpo e tudo.

Também há quem diga ver por ali o espírito da escrava serrada ao meio, que pode surgir com o corpo inteiro ou aos pedaços, soltando gritos assombrosos. Dizem que ela assombra especialmente homens que são cruéis com as mulheres.

No município de Altos, também conta-se a história de um proprietário de escravos muito cruel, que tinha uma grande fazenda, onde teria serrado uma negra ao meio por ter esta se recusado a satisfazer a lascívia do homem.

A propriedade em que teria sido morta a negra altoense, ficava no alto de uma serra, próxima do que é hoje a zona urbana da cidade. Por conta do ocorrido, teriam batizado aquela serra de Serra Negra. Por ali também existem relatos que dão conta de que o espírito da mulher ali despedaçada assombra o lugar.

 

TEXTO: JOSÉ GIL BARBOSA TERCEIRO

ILUSTRAÇÃO: DOUGLAS VIANA

FONTE:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

VEJA.com

Notícias sobre política, economia, celebridades, mundo e esportes. Coberturas e reportagens especiais em TVEJA.

Me desculpem, não foi de propósito!

Devaneios irreais sobre uma vida real.

O FOLCLORE BRASILEIRO

O Folclore é uma das nossas mais importantes culturas. Vamos manter a tradição, cultivá-la, divulgá-la, usufruí-la etc.

Se Conto Ninguém Acredita

Histórias de um Subconsciente Pouco Convencional

Colecionador de Sacis

Desde 2015 tirando o folclore da garrafa

Raiz Cultural

Consolidando Cultura Piauiense

Causos Assustadores do Piauí

Mitos, visagens, lendas, ovnis, ets, fenômenos e causos assombrosos do Piauí

WordPress.com em Português (Brasil)

As últimas notícias do WordPress.com e da comunidade WordPress

%d blogueiros gostam disto: