PÉ DE ANJO

(TERESINA – PIAUÍ)
1604939_597581433662574_372990460_n
Há muitos anos atrás quando Teresina ainda guardava ares provincianos as pessoas davam conta da aparição de uma entidade chamada Pé-de-Anjo que aparecia aos boêmios que se aventuravam na madrugada da nova capital.
Aparentava ser um típico sertanejo, com um enorme chapéu de palha e pés descalços. Era sempre visto acompanhado de um jumento e duas malas.
Era sempre visto a altas horas da noite, em geral por homens que voltavam de suas farras noturnas, quando eram abordados pela entidade que lhes pedia:
““Moço, por favor, por sua delicadeza, me ajude a botar essa carga nesse jumento”.
A pessoa se prontificava em ajudar, até porque não sabia que se tratava de uma assombração. Embora as malas não fossem grandes, o peso era enorme. Enquanto ajudavam a carregar o jumento, as pessoas perguntavam o que havia dentro das malas. Nesse momento, balançando a cabeça, a assombração respondia:
“Nesta mala aqui é pé de anjo, nessa outra aqui é o puro e sem mistura suco de uva roxa”.
Com essas palavras, o homem, as malas e o jumento desapareciam no ar. A pessoa, pasma e assustada, ficava sem entender nada. Tudo o que conseguia fazer era sair dali às pressas e voltar pra casa.
Ao que dizem o Pé de Anjo é um espírito que não faz mal a ninguém. O seu intento maior seria espantar as pessoas de lugares onde poderiam sofrer algum mal ou perigo, sendo, dessa forma, uma entidade que conduz as pessoas para longe do perigo. É por isso que aparece justamente aos andarilhos da noite, normalmente em locais perigosos, no intuito de fazer com que a pessoa saia dali ou não siga por um caminho por certo momento em que poderia sofrer um mal.
Acredita-se que o pé de anjo seja uma entidade que recolhe almas penadas em sua mala para levá-las para o além. Por isso é que diz que em uma de suas malas tem pés de anjo. Eis a razão das mala que tem pés de anjo ser tão pesada. Já a mala que tem suco de uva roxa, pode ser uma analogia mística, eis que, em várias religiões, a uva é um símbolo de vida, e como é sabido por todos,  vida nem sempre é fácil, todos temos pesos a carregar. Ali estariam, assim, os pesos dos pecados das almas que leva.
REFERÊNCIAS
  • NOLETO, Rafael. A lenda do pé de anjo. Piauí Pagão. Disponível em <http://piauipagao.blogspot.com.br/2010/08/pe-de-anjo.html>. Acesso em 09 de setembro de 2017.
  • NOLÊTO, Rafael. Mitologia Piaga: Deuses, Encantados, Espíritos e outros Seres Lendários do Piauí. Teresina: Clube de Autores, 2019.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

VEJA.com

Notícias sobre política, economia, celebridades, mundo e esportes. Coberturas e reportagens especiais em TVEJA.

Me desculpem, não foi de propósito!

Devaneios irreais sobre uma vida real.

O FOLCLORE BRASILEIRO

O Folclore é uma das nossas mais importantes culturas. Vamos manter a tradição, cultivá-la, divulgá-la, usufruí-la etc.

Se Conto Ninguém Acredita

Histórias de um Subconsciente Pouco Convencional

Colecionador de Sacis

Desde 2015 tirando o folclore da garrafa

Raiz Cultural

Consolidando Cultura Piauiense

Causos Assustadores do Piauí

Mitos, visagens, lendas, ovnis, ets, fenômenos e causos assombrosos do Piauí

WordPress.com em Português (Brasil)

As últimas notícias do WordPress.com e da comunidade WordPress

%d blogueiros gostam disto: