Contatos imediatos em Nazária(PI)

Por Flávio Tobler*
(Equipe UPUPI)

O Piauí é um Estado riquíssimo em casuística ufológica. Fazendo parte da região Nordeste, soma-se aos outros Estados vizinhos que também compõem esse cenário fabuloso. Difícil mesmo é ir a um município e regiões circunvizinhas, e não deparar-se com muitos relatos interessantes. Parece que a quantidade de objetos voadores não identificados, que sobrevoam todo o território Piauiense, nos leva a pensar que, ou são muitos, ou possuem a capacidade de estarem em vários lugares simultaneamente. Penso ainda que exista uma gigantesca “esquadrilha” de naves e sondas que monitoram toda esta região.

    Desta vez as nossas pesquisas estão concentradas no município de Nazária, situada a 33 Km da zona rural de Teresina(PI). Seguindo pela rodovia estadual PI-130, Logo na saída desta pequena cidade, entra-se por uma estrada vicinal a esquerda, e percorre-se ainda 9 Km. Passando  pela localidade Viçosa, e depois Campestre. O nosso ponto de pesquisa, ou poderíamos melhor dizer,  “QG” de estudos ufológicos, encontra-se no local conhecido como “Cajueiro do Sr. Izídio”, nome que pertence ao proprietário destas terras. O mesmo possui mais de mil hectares distribuídos por toda aquela região. Nas figuras abaixo vemos melhor as características de sua residência.

 

Figuras 1 e 2: Residência do Sr. Izídio (Campestre). Fonte: Flávio Tobler

 No lugar há também pequenas propriedades e muitos moradores que compõem um cenário semelhante a muitos outro espalhados por nosso Estado. A subsistência daquele povo se baseia na agricultura e pecuária, sofrida ultimamente por um inverno que oscila muito.

    Acolhedores  e hospitaleiros, gente simples, mais de amizade sincera, fizeram com que voltássemos sempre que possível para complemento de nossas pesquisas. Estivemos por lá pela primeira vez, em julho do ano 2000. Não conhecíamos aquela região, e fomos motivados a ir depois de ouvir falar numa reportagem exibida em uma emissora de TV local(SBT). A mesma mostrou entrevistas com alguns moradores daquela localidade que haviam tido experiências com os Ovnis. Não chegamos a assisti-la, mas pelo teor das informações que foram passadas, despertou-nos nossa curiosidade em conhecer o fenômeno mais de perto e realizar uma pesquisa mais profunda.

    Saímos de Teresina num sábado a tarde, sem ter detalhes maiores e precisos do lugar específico. Chegamos em Nazária e procuramos nos inteirar da situação. Questionamos aos moradores sobre o fato, e muitos nem sabiam da reportagem exibida. Seguimos  nossos instintos de pesquisadores até  encontramos a localidade, a quase dez quilômetros do município. Após uma conversa informal, as informações foram chegando lentamente.

    Entrevistamos os contatados, tudo gravado em VHS, e concluímos “In loco” que o fato acontecia já a bastante tempo. Dos casos que foram nos relatados,  podemos citar o que aconteceu com o jovem Reginaldo Ribeiro dos Santos, 36 anos, e sua esposa, Ivalmira Alves Cardoso Ribeiro, 27 anos. O fato se deu em 26 de Dezembro de 1999, entre as 19:00 e 20:00 hs. Este caso por sinal, foi exibido por uma emissora local. Os dois contam, que foram seguidos quando se deslocavam de motocicleta da casa do  pai de Reginaldo para sua residência num percurso de mais de três quilômetros. Na época sua esposa estava com um mês de gestação. No trajeto, viram uma “estrela” que deslocava-se a direta da estrada e bem no alto. Após um breve tempo sumiu, e foi percebida pelo casal logo após uma curva, já como que “estacionada” no alto a sua espera. Pararam e resolveram voltar, notando que o objeto começou a segui-lo pela estrada, e cada vez mais veloz. A mesma “luz” seguiu-os até a porta da propriedade que os mesmos tinham saído.  A experiência deixou-os traumatizados, principalmente pela alta velocidade que atingiram numa estrada sem segurança e durante a noite. Hoje, Reginaldo lembra  ainda com temor o fato, e evita sair sozinho. A moto foi vendida, e até dentro de sua residência, não gosta de fechar as janelas a noite, com medo do fenômeno. Num certo dia, conta que ao chegar na porta dos fundo de sua residência, observou algo luminoso, parecido com uma lua cheia, em cima de um morro próximo. Nas figuras abaixo temos o casal protagonista deste fato inusitado e o local do contato.

reginaldo

Figuras 3 e 4: Reginaldo e Ivalmira relatam o encontro que tiveram. Fonte: Flávio Tobler

residenciacasal

Figuras 5 e 6: Residência do Casal e o local onde iniciou-se a perseguição. Fonte: Flávio Tobler

Conversamos também com Teresinha de Jesus Lima, moradora do lugar a quase 50 anos. A mesma já presenciou muitas vezes a “luz” sobrevoando aquela região. Mais  um fato inusitado aconteceu com ela e sua irmã, quando numa certa vez lavavam roupa num riacho próximo, numa tarde pouco depois das 15:00 hs.  Depararam-se com um disco voador de cor cinza metálico semelhante a uma parabólica, sobrevoando o lugar, como que quisesse pousar. A mesma relata que o seu movimento assemelhava-se a uma folha   embalada pelo vento, com movimentos ondulatórios. Ela também narrou  outros contatos ocorridos com outras pessoas que moraram por lá no passado. Estes bastantes inusitados, demostrando a grande incidência ufológica na área. Abaixo as imagens dela narrando suas experiências.

teresinha

Figuras 7 e 8: Teresinha de Jesus dramatiza as suas experiências. Fonte: Flávio Tobler

Outro fato ocorreu com o Sr. Francisco da Silva, 28 anos. O mesmo deu-se no início de julho do ano 2000, quando ele voltava de uma residência próxima a sua, após assistir o jogo do Brasil. Eram quase meia noite, quando o objeto luminoso surgiu e passou a  persegui-lo. Na fuga, escondeu-se em uma moita(arbustos pequenos), e por lá permaneceu até o  desaparecimento da “ luz ”. Colhemos também sua imagem através de nossa lente.

francisco.JPG

  Figuras 9 e 10: Francisco narra sua experiência inesquecível. Fonte: Flávio Tobler

Um dos casos que nos chamou mais a atenção, e que as vezes parece brincar com os pesquisadores, como que desafiando e nos deixando a imaginar situações que se fossem registradas em  vídeo, nos dariam maiores detalhes sobre os Ovnis, aconteceu com o Sr. Wilson Alves da Silva,39 anos. O fato deu-se no dia 2 de Julho do ano 2000, seis dias antes da nossa pesquisa, e bem próximo ao lugar que estávamos.  Segundo ele, saiu para mais uma  caçada(espera de animais à noite). tudo seria como uma outra qualquer se não fosse pelo acontecido. Eram 23:30 hs  aproximadamente, quando deixou sua casa com dois cachorros que iriam auxilia-lo nesta jornada. O percurso a fazer incluiria a passagem por dentro da propriedade do seu tio Agostinho, e dali seguiria rumo ao seu destino. Ao chegar na porteira do terreno, notou uma luz que de longe parecia ser uma lâmpada qualquer que estaria acesa na lateral da casa. Ao aproximar-se, percebeu de fato que a realidade era bem outra. Neste momento os cachorros correram e tomaram rumo ignorado. Apoiou a sua arma na cerca e pensou em atirar. Mais  viu que o mesmo não demonstrava ameaça. Então passou a olhar com detalhe o que via.

    A distância que separava ele do objeto era de aproximadamente 7 metros. O mesmo afirmou ser do tamanho de um fusca, na forma de um disco. Possuía ainda uma parte pontuda, formando uma espécie de bico, com três pés  de apoio por baixo. Flutuava  a um metro do chão. Tinha uma luz branca muito forte por baixo, e outras luzes de cores variadas nas laterais que iluminavam a uma distância de 30 a 40 metros. Ao perceber a presença do Sr. Wilson ,o objeto começou a oscilar de um lado a outro, emitindo um barulho estranho. Neste instante, passou a  subir, deslocando-se sobre uma cerca de arame, e seguindo por baixo de uma rede elétrica. Logo em seguida, sobrevoando um pequeno açude, apagando-se quase por completo. Permanecendo apenas uma pequena luz vermelha. Percebemos ainda,  que sua experiência foi de grande importância para nossas pesquisas, principalmente pela sua proximidade com o objeto, e a riqueza de detalhes.

wilson

Figuras 11 e 12 : O Sr. Wilson fala do seu encontro “do outro mundo”. Fonte: Flávio Tobler

Ele relata ainda, que  acompanhando a subida  do objeto, percebeu em detalhe a sua formação. A cor do objeto assemelhava-se ao rosado(talvez pela ionização que envolvia o objeto na decolagem), e uma espécie de pequenos “arrebite” (expressão que usou porque para ele já é familiarizado em serviço prestado no passado), envolvendo todo o objeto. Lembra que gritou pelos familiares na hora do acontecido, e os mesmos confirmaram no dia seguinte. Estes, ouviram tudo, mais não tiveram coragem de sair de casa no momento. De lá  ele seguiu sua caçada, retornando para casa as 5:00 horas da manhã seguinte. O Sr. Wilson verificou ainda, que no dia seguinte, as folhas presente no lugar onde a nave pretendia pousar, estavam afastadas, com se um sopro ou força do objeto tivesse exercido sobre elas.

    Um fato interessante ocorreu quando estávamos filmando uma área que fica no alto de um morro onde os moradores costumam visualizar os objetos luminosos. Aproximadamente a uns 2 quilômetros da propriedade do Sr. Izídio. Ao filmar o lugar, sempre dou um giro em minha lente no sentido do céu ou espaço superior, e como sempre atento a tudo, percebi uma “nuvem ” solitária. Talvez não tenha ligação com nada, mais fica o recado aos colegas que fazem pesquisas de campo. Mantenham os olhos e as lentes atentas, pois somente os prevenidos podem conseguir “algo inusitado”.

sequenciaufo

Figuras 13, 14, 15 e 16: seqüência e ampliação de uma nuvem bem interessante. Fonte: Flávio Tobler

Estivemos por lá pela quarta vez num sábado, 25 de janeiro de 2003. A nossa intenção era descobrir se o fenômeno ainda acontecia por aquela localidade. Descobrimos outros fatos que somaram-se aos já pesquisados. Entre eles o mais recente aconteceu como um irmão do Reginaldo, que também já teve uma experiência relatada anteriormente. O seu irmão foi acompanhado por um objeto luminoso, quando deixou aquela localidade a um mês atrás. O mesmo conduzia um caminhão a noite. A perseguição só terminou quando ele deixou a estrada vicinal e atingiu uma rodovia.

    Descobrimos também que um irmão do José Filho, morador próximo, teve um contato após acender um cigarro em uma mata próxima dali. Não foi possível entrevista-lo porque o mesmo morar em Teresina, num bairro distante. Um fato recente aconteceu a aproximadamente 500 metros da casa do Sr. Isídio. Muitas  pessoas da capital estiveram visitando familiares, e presenciaram o aparecimento de um objeto luminoso. O avistamento  provocou correria entre eles. Conversamos com um garoto, que no dia chegou assustado na casa do Reginaldo.

    Um fato interessante aconteceu com um filho do seu Isídio a 15 anos atras. Numa noite chuvosa, estava assistindo televisão e num dado momento a energia elétrica acabou. Observou entre as telhas, um clarão muito intenso vindo de fora, e um pequeno barulho oscilante. Logo em seguida um estrondo e o sumiço da luminosidade. Fatos mais estranhos somam-se a isso e que devem compor todo aquele cenário é que,  além  das ocorrências ufológicas, há também fenômenos paranormais. Um deles, que nós chamou a atenção, é o que por lá chamam de “gritador”. Um provável ser de aspecto ainda desconhecido, pois ninguém espera para ver suas características. Este  emite sons bem forte, semelhante a berros ou gritos, provocando um susto muito grande. Aparece a noite, mais ouvi relatos de que em um local não muito perto, está aparecendo depois das 16:00 hs. Primeiro os populares escutam os gritos de longe. Que vai aproximando-se, provocando a fuga do(s) morador(es).Conversamos com alguém que teve uma experiência semelhante.

    Concluímos que o lugar é palco de acontecimentos estranhos. Cabe  a nós, pesquisadores da ufologia, não deixar de relatar estes fatos. Visto  que eles, somam-se a muitos outros, dando-nos a oportunidade, de um estudo não só específico, mais abrangendo muitas outras  áreas que ainda desconhecemos.

  * Flávio Tobler é Técnico eletrônico, Geógrafo e Especialista. Membro do Grupo UPUPI.

Outros artigos da Equipe UPUPI acesse: www.upupi.com.br, contato: flaviotobler@hotmail.com

 

TEXTO E FOTOS EXTRAÍDO DE: http://www.upupi.com.br/artigoflavio.htm

 

O VÍDEO EM QUE FLÁVIO TOBLER COLHEU OS RELATOS APRESENTADOS NA MATÉRIA:

 

POSTADO POR JOSÉ GIL BARBOSA TERCEIRO

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

VEJA.com

Notícias sobre política, economia, celebridades, mundo e esportes. Coberturas e reportagens especiais em TVEJA.

Me desculpem, não foi de propósito!

Devaneios irreais sobre uma vida real.

O FOLCLORE BRASILEIRO

O Folclore é uma das nossas mais importantes culturas. Vamos manter a tradição, cultivá-la, divulgá-la, usufruí-la etc.

Se Conto Ninguém Acredita

Histórias de um Subconsciente Pouco Convencional

Colecionador de Sacis

Desde 2015 tirando o folclore da garrafa

Raiz Cultural

Consolidando Cultura Piauiense

Causos Assustadores do Piauí

Mitos, visagens, lendas, ovnis, ets, fenômenos e causos assombrosos do Piauí

WordPress.com em Português (Brasil)

As últimas notícias do WordPress.com e da comunidade WordPress

%d blogueiros gostam disto: